RESIDÊNCIAS TEMPORÁRIAS

Arte Contemporânea, Permacultura, Mídia e design

Está aberta a convocatória do Espaço Lua Branca e Ecovila Gamarra para o Residências Temporárias - programas para profissionais de áreas diversas que desejam ter a experiência de habitar temporariamente no campo e vivenciar o cotidiano de uma realidade rural, desenvolvendo um trabalho criativo e apoiando os projetos locais. As inscrições ficam abertas durante todo o ano de 2019 para períodos de 2 semanas à 2 meses de residência. 

Arte contemporânea: dança, artes plásticas, performance, música, fotografia...

Permacultura: bioconstrucão, marcenaria, horta...

Mídias e design: programação, marketing digital...

 

O que é: Uma experiência para inspirar e transformar sua prática, se engajando em um modo de vida alternativo que privilegia o estado criativo e a pró-atividade em função do auto-desenvolvimento, da relação de apoio mútuo, e de uma ética intelectual, ecológica e espiritual.

 

Para quem: artistas da dança, das artes do corpo e da performance; artistas plásticos, músicos, programadores, paisagistas, marceneiros, permacultores, bioconstrutores, fotógrafos, designers, terapeutas e outros profissionais que tenham projetos que estejam em consonância com a filosofia e propósito de desenvolvimento do Espaço Lua Branca.

 

Apresentação: O Residências Temporárias é um programa de intercâmbio de saberes em áreas distintas, desenvolvido para pessoas que desejam ter uma experiência de criação no campo. É uma proposta de tempo e espaço para imersão em estudos e processos criativos tendo como cenário e inspiração um local de natureza abundante.  

 

Como funciona: Os profissionais selecionados habitam o Espaço Lua Branca e a Ecovila Gamarra durante um período que pode variar de 2 semana à 2 meses, desenvolvendo um projeto criativo que contribua para o local e para o seu próprio desenvolvimento pessoal.

 

Projetos desejados:

Instalações, esculturas, vídeo-dança, espetáculos, performances, cursos e oficinas, permacultura, bioconstrução, mandalas, hortas e jardins, energia renovável, midias e novas tecnologias.

 

Recursos: O residências temporárias é um projeto independente do Espaço Lua branca e Ecovila Gamarra. Nossa proposta é co-criar com os novos residentes um projeto colaborativo baseado em uma visão ganha-ganha onde cada parte oferece seus recursos e competências.

 

Estrutura: 7 chalés para até 4 pessoas cada; salão multi-uso com tatame; mezanino de madeira; piscina, ofurô, cozinha, pomar, cachoeira e rio à 10 minutos à pé do espaço. Internet na vilaà 15 minutos do espaço.

 

Acordos: O residente, como que na sua própria casa, fica responsável por limpar e organizar os espaços de uso próprio. Pode fazer melhorias no local com o aval dos gestores acordando com estes um tempo de trabalho diário. Deve trazer sua roupa de cama, toalha de banho, itens pessoais e material para execução de seu trabalho. Se o Espaço Lua Branca estiver sendo ocupado por outros residentes, todos devem entrar em acordo organizando horários de utilização de espaços comuns.

 

Parceria: O Espaço Lua Branca e os profissionais residentes são co-produtores das obras criadas durante o período de residência. O logotipo do Espaço Lua Branca deve ser veiculado em todos os dispositivos de divulgação de performances, peças, músicas, fotografias e obras que serão apresentadas posteriormente fora do Lua Branca. Projetos de artes plásticas, bioconstrução, permacultura e outras obras concretas, poderão passar a fazer parte da paisagem do Espaço Lua Branca e Ecovila Gamarra.

 

Custos: O residente é responsável por custear sua própria alimentação e transporte de chegada e partida do Espaço Lua Branca. Também deve colaborar com uma taxa de manutenção do Espaço que varia de R$40 à R$100 por dia dependendo da contrapartida estabelecida e do tempo de permanência. O Espaço fica a disposição para oferecer os documentos necessários para que o participante encontre subsídios para seu projeto.

 

Quando: O artista pode aplicar para o Residências Temporárias para qualquer data do ano de 2019, no entanto as datas serão acordadas segundo a disponibilidade do Espaço Lua Branca e de seus gestores, e as atividades da comunidade da Ecovila Gamarra.

 

Como participar: Preencha a ficha de inscrição redigindo uma proposta de no máximo uma página, apresentando seu projeto, objetivos, esboço do plano de trabalho e intenção de colaboração. Descreva por que a sua presença e o seu trabalho podem ser interessante para o Espaço Lua Branca e Ecovila Gamarra. Acrescente na ficha um currículo breve e links de trabalhos realizados. Se existir um plano de construir uma obra material, acrescente um orçamento do projeto, descrevendo as necessidades e recursos necessários para a realização da obra. Se você tiver parcerias e apoios não esqueça de mencionar.

 

Cada projeto é único! São diversas as possibilidades de parceria com o Espaço Lua Branca. Cada caso será examinado individualmente e as condições acordadas segundo um modelo ganha-ganha de desenvolvimento. Para tanto, serão necessárias algumas conversas virtuais antes da chegada do novo residente.

Ficha de inscrição: 

https://forms.gle/MdzbwYkJGQ4t1C6t7